A TENDA NA ROCHA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GESE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

HORÁRIO

PLANETA VOLUNTÁRIOS

SBB NOTICIAS





OCIOSO

PLANETA VOLUNTÁRIOS

NUMEROS PARA APOSTAR NA MEGASENA

Seguidores

SINTECT-PE

FONE 81-(3222-4002)
(3221-4054)
(3221-6459)
RUA DOM VITAL 73
SANTO AMARO- RECIFE-PE.

SINTECT-PE

UOLHOST

DIGNOW

a492a8bb-a331-468a-92ef-84b31e9b1606

FIQUE SABENDO

Tecnologia do Blogger.
quinta-feira, 14 de março de 2013

BLOG DO FRANCISCO EVANGELISTA

quinta-feira, 14 de março de 2013

Na Câmara dos Deputados Pastor Eurico defendeu pastores da Igreja Cristã Maranata que foram presos pela Polícia Federal

Nesta quarta-feira (13), após ouvir o desembargador, Dr. José Jacinto Costa Carvalho, do Distrito Federal, o promotor de justiça, Dr. Marco Antônio Picone Soares, de Minas Gerais, e representantes da Igreja Cristã Maranata, o Deputado Federal Pastor Eurico (PSB/PE) decidiu em plenário defender a igreja que está sofrendo investigações do Ministério Público (MP), inclusive com quatro pastores tendo sido presos pela Polícia Federal na última terça-feira (12).

O deputado Pastor Eurico disse em suas palavras que sentia-se constragido com o que está acontecendo com Igreja Cristã Maranata no Brasil, especialmente em Vitória, no Espírito Santo. De acordo com o parlamentar pernambucano, o Ministério Público está tomando uma atitude que deixa a desejar, contra alguns pastores da citada igreja. 

A Maranata tem cerca de 5 mil igrejas espalhadas pelo Brasil, com mais de 1 milhão de membros, que, segundo o Pastor Eurico, prestam relevantes serviços à sociedade e estariam sendo julgados de forma errada. "É uma falta de respeito ao trabalho prestado pela Igreja Cristã Maranata, no Brasil. Nós estamos aqui colocando o nosso posicionamento e pedindo o respeito e a consideração para com esse movimento evangélico no Brasil. É válido salientar que em nenhum momento concordamos com nada errado, mas não podemos concordar com a forma que o Ministério Público (MP) do Estado do Espírito Santo, está agindo ao mandar prender pastores da igreja Cristã Maranata, em Vila Velha, sob a alegação que os pastores estavam intimidando testemunhas e autoridades, que investigam a igreja. Em nenhum momento a direção da igreja se opôs à investigação, pelo contrário tem colocado à disposição da justiça tudo que lhe tem sido pedido." completou o deputado Eurico.

Quanto às alegações do MP-ES, de que as prisões são uma forma de prevenir as vítimas de coação para um melhor andamento das investigações, o Pastor Eurico disse que a Comissão de Direitos Humanos e Minorias e a Frente Parlamentar Evangélica irão ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), para pedir que seja revista a decisão do MP-ES, pois a priori, a decisão do MP-ES pode ser considerada pela sociedade como um ato de perseguição religiosa.

Segundo o deputado socialista, ligado à Assembleia de Deus em Pernambuco, “é justo haver investigação em qualquer setor da sociedade, pois estamos em um estado democrático de direito, reconhecendo assim o grande trabalho que o MP no Brasil vem fazendo, mas não podemos concordar com arbitrariedades que possam manchar a nossa Democracia”, concluiu. 

Os quatro pastores foram presos na manhã desta terça-feira (12), pela Polícia Federal no Espírito Santo. Segundo as investigações estariam sendo praticados vários crimes como estelionato, lavagem de dinheiro, tráfico de influência, falsidade ideológica e desvio de erário.

O MP-ES abriu inquérito em março de 2012 para apurar a suspeita de desvio de dízimo e enriquecimento ilícito por parte de membros da diretoria da instituição, a partir de uma denúncia que partiu de um processo feito pela própria igreja contra os suspeitos.
 
As prisões dos líderes da igreja aconteceram em meio à semana de comemorações pelos 45 anos da igreja, que no último domingo reuniu 100 mil fiéis em um mega culto na Praça do Papa, em Vitória para celebrar o seu aniversário.

Segundo o G1, entre os presos, estão o presidente afastado Gedelti Gueiros, que teve o benefício da prisão domiciliar devido à idade avançada; o atual presidente Elson Pedro dos Reis e o pastor Amadeu Loureiro, que foram encaminhados para o Centro de Triagem de Viana; e o advogado Carlos Itamar Coelho Pimenta, que ficou no Quartel da Polícia Militar, em Maruípe, Vitória.

De acordo com o Ministério Público as prisões dos pastores foram efetuadas de maneira a proteger as vítimas das coações, que acontecem de forma direta e indireta, dificultando o andamento das investigações.

Em nota oficial, a Igreja Maranata negou ter coagido testemunhas ou ameaçado autoridades. A igreja informou ainda que está processando judicialmente aqueles que estão acusando a instituição, de acordo com a lei. De acordo com o comunicado, a igreja acredita que todas as acusações e acontecimentos desta terça-feira, com a prisão dos pastores, foram pautadas no desejo de retaliação e perseguição. Com informações de GospelMais e Assessoria do Deputado Pastor Eurico. 
 
FONTE-BLOG DO FRANCISCO EVANGELISTA.

0 comentários:

CLIMA E TEMPO

NOTICIAS GOSPEL

Widget gerado por Gospel Prime

OCIOSO

LEITURA BIBLICA





DESAPARECIDOS

DIGNOW

TOTAL DE VISITAS

BLOG CDD PRAZERES...

DIGNOW

6c4a6a7b-0a66-47f8-bdeb-d2b026779d90

UOLHOST

Pesquisar este blog

Translate

Google+ Badge

Google+ Followers

ATIVIDADES SEMANAIS DA IGREJA BATISTA DOS GUARARAPES

ATIVIDADES SEMANAIS DA IGREJA BATISTA DOS GUARARAPES