A TENDA NA ROCHA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GESE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

HORÁRIO

PLANETA VOLUNTÁRIOS

SBB NOTICIAS





OCIOSO

PLANETA VOLUNTÁRIOS

NUMEROS PARA APOSTAR NA MEGASENA

Seguidores

SINTECT-PE

FONE 81-(3222-4002)
(3221-4054)
(3221-6459)
RUA DOM VITAL 73
SANTO AMARO- RECIFE-PE.

SINTECT-PE

UOLHOST

DIGNOW

a492a8bb-a331-468a-92ef-84b31e9b1606

FIQUE SABENDO

Tecnologia do Blogger.
quarta-feira, 29 de maio de 2013

BLOG DE POLITICA


Facebook admite erro e Dilma Bolada anuncia ao povo que fica

Facebook.com/DilmaBolada
Facebook.com/DilmaBolada
O perfil fake mais badalado do Facebook anuncia ao povo que fica.
O Facebook reautorizou na tarde desta quarta-feira a postagem de uma piada no perfil “Dilma Bolada” que havia sido excluída pela rede social.
Em nota, a empresa informou que o conteúdo foi retirado do ar indevidamente após denúncias de usuários.
Com isso, a página será mantida. Mais cedo, o autor do perfil,  o estudante Jeferson Monteiro, admitira que poderia sair da rede.
Ele informou que desistiu, por enquanto, do plano de “suicidar” a personagem.
“Aviso a todo mundo que, para o bem de todos e felicidade geral da nação, a ‘Dilma Bolada’ fica.”
O perfil “Dilma Bolada” tem 336 mil seguidores no Facebook.
O Facebook se posicionou afirmando que “o conteúdo em questão foi reportado e nossos sistemas automáticos, elaborados para garantir a segurança dos usuários, removeram-no indevidamente. Depois de termos sido alertados, o conteúdo foi recuperado e está no ar novamente. Lamentamos o inconveniente”, declarou a empresa.
Jeferson Monteiro chamou de “histórica” a decisão. “O Facebook reconhecer um erro e se posicionar sobre uma questão é algo inédito”, afirma. “É a indicação de que estamos em um país livre e que ideias podem ser divulgadas de forma democrática.” (veja no fim do post, o texto completa publicado no perfil).
A frase apagada fazia referência a um processo contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG). “Inventar mentira contra mim é mole, querido”, dizia a piada, como se fosse escrita pela petista. Com informações da Folha de S. Paulo.

Aécio insiste nas críticas a Dilma. Tudo o que o PT quer: retomar a polarização com o PSDB

...
Se vinha sendo atacado quase que diariamente pelo governador Eduardo Campos, o governo de Dilma Rousseff agora entrou na linha de tiro do senador Aécio Neves.
Nessa terça, na primeira coletiva como presidente nacional do PSDB, ele cobrou desculpas públicas de Dilma por conta do boato do fim do Bolsa Família.
Nesta quarta-feira, o alvo foi a política econômica. Ao comentar o Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre deste ano, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), disse que as previsões mais pessimistas se confirmaram:
“Cabe ao governo federal apresentar ao país, com clareza, as razões pelas quais as projeções oficiais cada vez mais se distanciam da realidade e explicitar quais medidas serão tomadas para a reversão desse quadro”, cobrou em matéria publicada no site do PSDB.
A presidente não respondeu à cobrança do pedido de desculpa. Aliás, não falou mais sobre o assunto depois que a Caixa Econômica admitiu ter adiantado o calendário de saques um dia antes do surgimento dos boatos.
Agora, em relação ao PIB, é provável que haja revide. Até mesmo porque se o PT resiste a reagir às críticas de Eduardo – por achar que ele pode desistir de concorrer, se mantendo da aliança – está interessadíssimo em confrontar com Aécio.
Afinal, tudo o que os petistas querem é reestabelecer a polarização com o PSDB. Isso porque o PT considera Aécio um concorrente ideal para 2014.

Por ter tido frase apagada, Dilma Bolada pode dar adeus ao Facebook

Facebook.com/DilmaBolada
Facebook.com/DilmaBolada
Dilma Bolada, perfil fake mais poderoso do Facebook, pode deixar de existir.
O motivo, de acordo com nota publicada nesta quarta-feira (29) – veja no link abaixo -, é uma suposta censura que o perfil sofreu no Face ao ter uma postagem apagada.
A frase faz referência a um processo contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG).
“Inventar mentira contra mim é mole, querido”, dizia a piada, como se fosse escrita pela petista.
O perfil, como se sabe, faz uma paródia positiva da presidente Dilma Rousseff (PT)
A notícia foi divulgada nesta quarta-feira pela coluna de Mônica Bérgamo, daFolha de S. Paulo ,
Após ter a frase apagada, Jeferson Monteiro, criador da página, afirmou à coluna ter “ficado frustrado”.
“Hoje vou tirar o dia para refletir e tomar a decisão se continuamos ou não juntos aqui (no Facebook). Por isso, vou analisar todos os pontos e hoje (quarta) às 20h, eu farei uma nota oficial aqui na página para anunciar se eu, Dilma Bolada, fico ou se vou”, diz a nota divulgada no perfil.
A conta tem 336 mil seguidores e, claro, há reações ao possível suicídio virtual de Dilma Bolada.
Nos comentários estão: “Diga ao povo que fica, Dilma!” e “Pelo jeito, Aecinho tem tentáculos fora da imprensa mineira”.
NOTA DE ESCLARECIMENTO:
…Continue lendo…

Possível filiação de João Lyra ao PSB é vista como trunfo de Eduardo. Mas é isso mesmo?

Foto: Diario de PE
Foto: Diario de PE
O jantar em que os senadores do PT concluíram que a candidatura de Eduardo Campos ao Palácio do Planalto é irreversível, ocorreu no mesmo dia (na última segunda-feira) em que o governador anunciou em Pernambuco a filiação de seu vice, João Lyra Neto (PDT) ao partido.
A informação acima circula na imprensa nacional e foi vista como “manobra” de Eduardo assegurar o PDT no palanque no próximo ano.
Porém, pelo que foi visto na segunda, durante encontro de vereadores do PSB, não foi Eduardo, mas o próprio Lyra que se encarregou de afirmar que estava de saída do PDT para se filiar ao PSB.
Aliás, como está posto na nota “Revelação” da coluna Diario Político desta terça-feira:
Era desconhecida essa força político-eleitoral do vice-governador João Lyra Neto, a ponto de se considerar que a saída dele do PDT para ingressar no PSB possa provocar abalos na possível aliança nacional entre os dois partidos, que vem sendo costurada por Eduardo em torno do seu projeto presidencial.
Em 2012, Lyra Neto rompeu com José Queiroz (PDT), prefeito de Caruaru, às vésperas da eleição, e não aconteceu nada.
Há cerca de três semanas, secretários palacianos reunidos num almoço no restaurante Leite mandaram recados para aliados que já se articulam para a sucessão de 2014 sem esperar “o tempo” de Eduardo, o comandante da frente partidária.
Um dos destinatários do alerta era o vice João Lyra, que, como se sabe, acalenta o sonho de concorrer a sucessão de Eduardo.
Mas, pelo que foi lido nas entrelinhas do almoço, Lyra está bem longe de ser uma opção agregadora dentro da alança eduardista. E mais: sua entrada no PSB não esteve no cardápio.
Relembre post sobre o almoço e os recados dos palacianos:

Secretários socialistas dizem que pré-candidatos à sucessão atropelam autoridade de Eduardo

E mais:

Decidido a sair do PDT, João Lyra vai se filiar ao PSB

A ficha está caindo: PT perde esperanças de ter Eduardo como aliado em 2014

...
Se a realidade está clara para ambas as partes, o casamento há de ser desfeito. É o que se conclui diante da informação trazida pelo Estadão nesta quarta-feira.
O PT vai adimitindo que perdeu Eduardo Campos como parceiro e já não alimenta mais a possibilidade de tê-lo no palanque da reeleição de Dilma no próximo ano Veja:
Reunidos para discutir o cenário das eleições de 2014, integrantes da cúpula do PT já contam com a possibilidade de não terem o PSB como aliado na próxima disputa presidencial.
E apostaram num choque com o governador do Rio, Sergio Cabral, do PMDB.
O encontro ocorreu na noite de anteontem (segunda, 27), em Brasília, no apartamento do líder do PT no Senado, Wellington Dias (PI), e contou com a participação da maioria dos senadores do partido e com o presidente nacional da legenda, Rui Falcão.
O fim da união com o PSB deve-se ao fato de os petistas terem como certa a candidatura à presidência da República do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB).
Comentário meu: O PT até então vinha tratando a pré-candidatura de Eduardo como projeto reversível, sem fôlego para ir adiante.
Mas começa a constatar que o socialista segue, como ele mesmo diz, com o pé no acelerador e sem deixar de criticar o governo federal. Agora, o Bolsa Família está no alvo.
No jantar o entendimento geral foi que “se fosse hoje, Eduardo seria candidato” e é com essa realidade que o partido trabalha a disputa de 2014.
Diante disso, petistas trataram de refazer os planos, agora sem Eduardo – que, aliás, será adversário de Dilma.
Agora, vamos combinar, o PSB, embora aliado fiel de Lula e Dilma (pelo menos até 2012), teve sempre pés e braços em alianças que o distanciava do PT em vários estados.
Está próximo do PSDB, principal oponente do petismo, em São Paulo, no Paraná, na Paraíba.
Portanto, o casamento que ora se desfaz, jamais foi plenamente sólido em todas as regiões do país.
Agora, quando a incompatibilidades de interesses se aguça naturalmente o “enlace” se defaz.

Procurador defende perda de mandato e prisão para condenados do mensalão

PR
Roberto Gurgel – PGR
E o julgamento do mensalão promete cruzar 2013 rendendo manchetes. Nesta terça-feira mais um episódio da saga que envolve corrupção e poder.
O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ao visitar o Congresso Nacional, defendeu rapidez para a conclusão do julgamento da Ação Penal 470, o chamado mensalão.
A agilidade, segundo ele, servirá para que os deputados condenados percam seus mandatos e que os outros condenados sejam recolhidos à prisão.
Para Gurgel, é preciso dar efetividade à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). “Temos uma decisão magnífica, mas precisamos que ela seja efetiva”. Informações da Agência Brasil.

Aécio quer que Dilma se desculpe na TV pelos boatos do Bolsa Família

PSDB
PSDB
O boato sobre a extinção da Bolsa Família se tornou mote para embate entre oposição e governo.
Na primeira entrevista coletiva como presidente do PSDB, o senador Aécio Neves cobrou uma explicação formal da presidência da República sobre a disseminação de falsos boatos sobre o programa.
Informações desencontradas sobre o fim do benefício provocaram, há cerca de dez dias, uma corrida desenfreada às agências bancárias.
Aécio também disse ser necessário um pedido de desculpas formal a todos os brasileiros pelo ocorrido e pelas injustas acusações que partiram desse fato.
“Nós, da oposição, não fazemos acusações levianas. Neste momento, achamos que a presidente da República deveria ir à cadeia de rádio e televisão para pedir desculpas para quem ela mesma disse que sofreu uma desumanidade”.
Informações da assessoria de Aécio Neves

Ao atacar um programa exitoso como o Bolsa Família, Aécio e Eduardo estão dando munição para o PT

PR
PR
A declaração do governador Eduardo Campos (PSB) sobre o Bolsa Família tem, no final das contas, o mesmo teor já propagado pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), que, como o socialista vem costurando a candidatura ao Planalto.
A observação está na coluna Diario Político (Marisa Gibson) desta terça-feira.
Eduardo afirmou, nesta segunda-feira: hoje vemos as filhas do Bolsa Família serem mães do Bolsa Família. Vamos assistir a elas serem avós? Não queremos isto”.
Na semana passada Aécio dissera: “É muito pouco para o Brasil, o pai deixar de herança para o filho o cartão do Bolsa Família”.
Ambos tem razão. É imprescindível que o programa vá além da função de compensar diferenças sociais compartilhando recursos da União com famílias de baixa renda.
É importante que se deixe para trás o caráter de iniciativa meramente assistencialista e se encarregue de formar gente para o mercado de trabalho e para a vida.
Acontece, porém, que, se não chegamos no mundo ideal, é inegável o papel transformador do Bolsa Família.
Há pesquisas que mostram a importãncia do programa para a redução da mortalidade infantil, além da evidente função de motor da economia em comunidades carentes e cidades do interior do país.
Bolsa Família contribui para redução da mortalidade infantil, diz pesquisa
Há também levantamentos que apontam o criticado assistencialismo como impulsionador de melhoria de vidas e mais: os beneficiários estão se desvinculando do programa quando conseguem se manter por conta própria.
Bolsa Família não vicia nem acomoda: 1,6 mihão deixaram o programa espontaneamente este ano
Ou seja, o programa tem tido importância vital para o país e, dentro de uma perspectiva histórica, precisa existir por muitos anos.
Afinal, o mínimo de correção das desigualdades sociais que se queira fazer no Brasil exige tempo para se consolidar. Muito tempo.
A má distribuição de renda é traço dos mais evidentes na formação do país.
A distância entre ricos e pobres que perpassa os séculos é resultado do acúmulo de riquezas nas mãos de poucos.
Portanto, não serão dez ou 15 anos de Bolsa Família que proporcionarão a revisão de injustiças que vêm do período colonial, da escravidão.
Mas, certamente, Aécio e Eduardo sabem do que estão falando. O alerta para se ir além é necessário. No entanto, há riscos em apontar falhas num programa exitoso como este.
Ainda mais quando as declarações podem estar carregadas de interesses eleitorais.
Aliás, o programa é um dos cartões de visita mais poderoros do PT e da pré-candididatura de Dilma Rousseff à reeleição.
Tanto que o partido já reagiu ainda nesta segunda a Eduardo nas redes sociais – chamaram-no de “inimigo do Bolsa Família”.
Nesta terça, novos contra-ataques às críticas do socialista e do tucano.
A matéria “Bolsa Família é sucesso mundial e dados calam pessimistas de plantão”, publicada no site PT na Câmara, está sendo reproduzida no Twiitter e no Facebook (veja abaixo)
Alguém duvida que as declarações de Aécio e Eduardo serão usadas pelo PT contra os dois na campanha de 2014?

PSTU ataca os dez anos de PT no governo: “para quem a estrela brilhou?”, questiona

PSTU/divulgação
PSTU/divulgação
O PSTU andava sumido, mas começa a se movimentar.
No dia 6 de junho promove no Recife palestra para questionar o badalado legado dos governos do PT para o país.
“10 anos de governo do PT: para quem brillhou a estrela?”, é o “título” da exposição que aconterá na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Informática, na Boa Vista, a partir das 19h.
Zé Maria, dirigente nacional do partido, estará à frente do evento.
Pelo tema e a série de imagens que ilustram o convite vê-se que o PSTU segue incisivo nas críticas ao PT e ao governo federal.
Os dez anos de poder do PT têm sido motivo de festas para o partido. Inclusive tem levado o ex-presidente Lula a percorrer o país para celebrar os avanços vistos no Brasil neste período.
Lula, aliás é esperado em Pernambuco para mais um ato de comemoração de uma década no poder. Antes, porém, o PSTU dará seu recado.
Zé Maria já concorreu por três vezes à Presidência da República. E, assim como Lula começou sua vida na militância política, no ABC paulista.
Todavia, ele costuma dizer que, ao contrário do ex-presidente e outros dirigente sindicais da época, “não se vendeu aos burocratas”.

FONTE- BLOG DE POLITICA

0 comentários:

CLIMA E TEMPO

NOTICIAS GOSPEL

Widget gerado por Gospel Prime

OCIOSO

LEITURA BIBLICA





DESAPARECIDOS

DIGNOW

TOTAL DE VISITAS

BLOG CDD PRAZERES...

DIGNOW

6c4a6a7b-0a66-47f8-bdeb-d2b026779d90

UOLHOST

Pesquisar este blog

Translate

Google+ Badge

Google+ Followers

ATIVIDADES SEMANAIS DA IGREJA BATISTA DOS GUARARAPES

ATIVIDADES SEMANAIS DA IGREJA BATISTA DOS GUARARAPES